Entrevista GC – Sr. Magui

Ao longo de nossa trajetória de 11 anos no mercado segurador, a GC do Brasil contou com a contribuição, amizade e parceria de grandes especialistas em variados segmentos do mercado segurador.

Hoje, temos a honra de entrevistar um destes especialistas que fazem parte da trajetória de sucesso da GC do Brasil: Gilmar Gasparin Magui, sócio-fundador da Magui Seguros e especialista em Seguro Agrícola da GC do Brasil.  

Como você começou a trilhar o seu caminho no nicho de Seguro Agrícola?

O primeiro contato com o Seguro Agrícola no grupo GC do Brasil foi na convenção de Itaparica. Na ocasião, fui convidado para fazer uma apresentação do segmento Agrícola. Depois, com o passar do tempo, busquei compartilhar as minhas experiências dentro do segmento agrícola com alguns amigos corretores, acionistas e que atuavam no ramo de seguros, principalmente abordando os primeiros passos, como buscar possíveis parcerias e a importância de desenvolver uma célula exclusiva para o segmento de Seguro Agrícola em suas corretoras.

Como foram as suas primeiras experiências no Setor Agrícola?

Durante a minha trajetória, pude percorrer vários Estados do Brasil. Certa vez, fui para Belo Horizonte para fazer prospecção, culturas, analisar possibilidades de parcerias e negócios no ramo do Seguro Agrícola.

Ao longo desse período, recebi convites de corretoras que hoje integram o Grupo GC do Brasil para compartilhar minhas experiências no nicho e auxiliar na implementação da célula Agrícola nas corretoras.

Entre as corretoras pelas quais passei estão: Condor Seguros (Goiânia); Marista Seguros (Goiânia); Passarin Seguros (Novo Hamburgo) e tantas outras corretoras que fizeram parte da minha trajetória no setor Agrícola.

Sempre estarei à disposição de todos os acionistas da GC do Brasil para auxiliar na implementação da célula de Seguro Agrícola.

Orgulhosamente e com muita honra, posso afirmar que recebo muitos convites de amigos, parceiros e acionistas da GC do Brasil para auxiliar na avaliação, análise e processo de implementação da célula Agrícola em suas corretoras.

Como ocorre o processo de implementação da célula agrícola nas corretoras que integram a GC do Brasil?

Varia muito de corretora para corretora. No entanto, pelo fato da GC do Brasil apresentar um modelo consolidado de negócio, com ampla credibilidade e uma padronização que respeita a história de cada corretora, o processo de implementação e absorção dessa padronização da célula agrícola pode ocorrer de forma mais ágil e assertiva.

Normalmente, a célula agrícola apresenta um processo um pouco mais gradual, mas que gera excelentes retornos e possibilidades de negócios.

Por exemplo, a minha corretora, a Magui Seguros, no primeiro ano de implementação da célula agrícola obteve como retorno R$ 200 mil de produção. No segundo ano, a Magui Seguros apresentou como retorno R$ 600 mil de produção. O saldo final, após a implementação da célula Agrícola, fechou no total de 1 milhão e duzentos.

Em suma, atualmente, a Magui Seguros gera o retorno de 5 milhões em prêmios.

O setor de Seguros Agrícola pode gerar grandes oportunidades de rendimentos, negócios e parcerias para o mercado de corretores. É necessário avaliar com atenção, profissionalismo e seriedade todas as possibilidades que o nicho Agrícola pode gerar, principalmente dependendo da região ou Estado em que a corretora está situada.

Estou inteiramente à disposição para seguir auxiliando todos os amigos e acionistas da GC do Brasil no processo de implementação da célula de Seguro Agrícola.

Agradecimento especial da GC do Brasil direcionado para o Sr. Magui por sua extensa e nobre experiência e contribuições no setor de Seguro Agrícola da GC.

Agradecemos imensamente ao sr. Magui pela entrevista, amizade, profissionalismo e parceria.

  • Compartilhar:

Leave a Comment

sing in to post your comment or sign-up if you dont have any account.